×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...
Cultura Guias Secretos

Dia do Patrimônio Histórico: visite 6 edifícios tombados na capital

By Giulia Trecco

prédios tombados em são paulo

Você com certeza já passou por algum deles!

Anualmente, em 17 de agosto, é comemorado no Brasil o Dia do Patrimônio Histórico, também conhecido como Dia do Patrimônio Cultural. É nesta data que celebramos todo o trabalho dos órgãos que identificam, protegem e preservam nossa história.

+ 8 prédios emblemáticos de São Paulo e os arquitetos responsáveis por eles

Por isso, trazemos hoje uma lista com seis lugares já tombados para você visitar na capital!

Parque da Independência

Todos os ambientes do Parque da Independência foram tombados, o que inclui o Museu do Ipiranga, o Monumento à Independência e a Casa do Grito. Além disso, o visitante ainda pode conferir os belos jardins inspirados nos do Palácio de Versalhes, na França.

Onde: Avenida Nazaré, sem número – Ipiranga

Memorial da América Latina

Criado com o objetivo de divulgar a cultura do continente, a área de mais de 84 mil metros quadrados conta com alguns edifícios assinados por Oscar Niemeyer.

Onde: Avenida Auro Soares de Moura Andrade, 664 – Barra Funda

Cine Belas Artes

O cinema mais famoso da Rua da Consolação fica em um edifício com traços modernistas construído entre 1952 e 1954. Atualmente sob o nome Petra Belas Artes, o estabelecimento continua de vento em popa, muitas vezes exibindo filmes de fora do grande circuito.

Onde: Rua da Consolação, 2423 – Consolação

Casa das Rosas

A origem da famosa Casa das Rosas data de 1935, quando foi entregue nas mãos de Ernesto Dias de Castro, genro do arquiteto Ramos de Azevedo. Depois de servir de residência por décadas, o edifício virou um centro cultural bastante conhecido pela região.

Publicidade

Onde: Avenida Paulista, 27 – Paraíso

Sesc Pompeia

Com assinatura de Lina Bo Bardi, o conjunto arquitetônico que compõe o Sesc Pompeia foi erguido entre as décadas de 1980 e 1990, em terreno onde antes funcionava uma fábrica de tambores. Foi tombado nas esferas municipal e federal em 2009 e em 2015, respectivamente.

ATENÇÃO: todas as unidades do Sesc em São Paulo continuam fechadas por causa da pandemia de Covid-19.

Onde: Rua Clélia, 93 – Água Branca

Estação da Luz e Museu da Língua Portuguesa

Protegida como patrimônio nos âmbitos municipal, estadual e federal, a Estação da Luz é um dos edifícios mais imponentes de São Paulo. Com inspirações retiradas da era vitoriana, a estação foi construída por ingleses no início do século XX. Além disso, abriga desde 2006 o Museu da Língua Portuguesa.

Onde: Praça da Luz, 1 – Luz

Tags: história