×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...
Bem-estar & Natureza

A relação de São Paulo com os seus rios

By Giulia Trecco

rio são paulo

A cidade vive um paradoxo: tem cerca de 280 cursos d’água e ao mesmo tempo é conhecida como selva de pedra.

Quem passa pela Avenida Nove de Julho pode nem imaginar que por baixo do asfalto passa um rio. São Paulo tem pelo menos 280 cursos d’água escondidos pela cidade. Isso não era uma realidade até algumas décadas atrás, mas com o desenvolvimento urbano, os seus córregos e rios foram escondidos pelo cinza. Atualmente, a cidade tem mais de 3.600 km de galerias fechadas.

rios de São Paulo
Prefeitura de São Paulo

Os seus rios a céu aberto principais são: Tietê, Tamanduateí e Pinheiros. Apesar da fama, são considerados mortos pelo nível de degradação causada pelo esgoto e lixo que são neles despejados.

É difícil imaginar que São Paulo esconde tanta água, mas as enchentes nos colocam constantemente a frente deste problema. Será que a nossa relação com córregos e rios mudaria caso eles fossem limpos?

Publicidade

Existem exemplos dentro da própria capital e, mesmo parecendo impossível, a verdade é que não é. Durante décadas, o Córrego Pirarungáua, localizado no Jardim Botânico esteve canalizado. Hoje, o afluente do Riacho Ipiranga corre pelo local e se tornou atração do parque.

Foto de capa: Guilherme Kastner/Flickr