×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...
Notícias

Butantan desenvolve a primeira vacina 100% nacional contra COVID-19, a ButanVac

By Giulia Trecco

butanvac

Os testes em humanos devem começar a ser feitos pelo Instituto ainda em abril, após autorização à Anvisa.

O governador João Doria anunciou nesta sexta, dia 26, que o Instituto Butantan, iniciou o desenvolvimento e a produção-piloto da primeira vacina brasileira contra o novo coronavírus. A expectativa é que os testes em humanos com o novo imunizante comecem já em abril, após autorização da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

+ Vacina Já: saiba como fazer o pré-cadastro para vacinação

A ButanVac será uma vacina desenvolvida e produzida integralmente no Butantan, sem necessidade de importação do IFA (Insumo Farmacêutico Ativo). De acordo com o anúncio, os resultados dos testes pré-clínicos realizados com animais se mostraram promissores, o que permite evoluir para estudos clínicos em humanos.

Para a produção da ButanVac o instituto deverá usar tecnologia já disponível em sua fábrica de vacinas contra a gripe, a partir do cultivo de cepas em ovos de galinha, que gera doses de vacinas inativadas, feitas com fragmentos de vírus mortos.

Segundo Ricardo Palacios, diretor médico de pesquisa clínica do Instituto Butantan, a nova vacina brasileira terá perfil alto de segurança.

Publicidade

Nós sabemos produzir a ButanVac, temos tecnologia para isso, e sabemos também que vacinas inativadas são eficazes contra a COVID-19. Poder entregar mais vacinas é o que precisamos em um momento tão crítico.

A pesquisa clínica em humanos do novo imunizante será realizada em conformidade com altos padrões internacionais éticos e de qualidade. Os resultados vão determinar se a vacina é segura e tem resposta imune capaz de prevenir a COVID-19.

+ Cães e gatos podem precisar da sua própria vacina contra a covid-19

Foto de capa: Mat Napo