×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...

5 regras de sobrevivência que só um verdadeiro paulistano entende

Giulia Trecco Giulia Trecco - Editora | Brasil

sobreviver em são paulo

Há coisas que só mesmo quem vive em São Paulo consegue entender. Cada cidade tem o seu próprio código de conduta informal, ou seja, aquelas regras (não escritas) que qualquer paulistano segue sem nem perceber. Para você não sofrer as consequências de quem não as segue, preparamos essa lista com 5 regras secretas para ser um verdadeiro paulistano.

1. Leve sempre uma sombrinha e um casaco (mesmo se estiver sol)

A Terra da Garoa, como era conhecida no século passado, tinha a fama causada pelo chuvisco que por aqui teimava em cair. Hoje em dia, o fenômeno não é tão frequente, mas a verdade é que, para o trabalhador paulistano que sai cedo e volta tarde, é impossível não ter esse kit de sobrevivência na bolsa. Imagina só que, mesmo no verão, ao sair de casa há sempre aquela brisa gelada da manhã, mas durante a tarde, a temperatura vai chegar aos 28ºC. A cereja do bolo é a chuva torrencial que cai sobre a cidade nos dias mais quentes.

via GIPHY

2. Fique à direita nas escadas rolantes

Essa regra é conhecida em qualquer metrópole, mas é sempre bom lembrar. Em uma cidade grande, está todo mundo correndo! Então, se você estiver em São Paulo a passeio e quer admirar as estações, mantenha-se do lado direito das escadas rolantes.

via GIPHY

3. Nunca trave a catraca procurando o Bilhete Único

Parecida com a regra anterior, esta serve para aquelas pessoas que ficam um tempão à espera do ônibus e, mesmo assim, deixam para procurar o Bilhete Único quando chegam na catraca. NÃO FAÇA ISSO! A não ser que queira ouvir os outros a bufar enquanto reviram os olhos para a espera.

Publicidade

via GIPHY

4. Se programe para sair com muita antecedência e mesmo assim se atrase

Eu gosto dessa regra, porque ela é quase um mantra a dizer: “Relaxa, não adianta correr”. Você se planeja, verifica o horário do ônibus, do metrô, vai ao Waze conferir a opção de ir de carro. Tudo parece sob controle e com tempo de sobra. Mas como em São Paulo nada é previsível, a Marginal está parada, o metrô parou por conta de uma “ocorrência na via”, enfim, você se atrasou.

via GIPHY

5. Encerre o expediente cedo na sexta-feira para curtir o happy hour

(sobre)Viver em São Paulo não é para amadores, mas no fim de tudo, aproveitamos as vantagens de viver nesta gigante. E não há nada melhor do que terminar de trabalhar na sexta-feira e reunir os colegas de trabalho em volta de uma mesa de bar para tomar uma breja e falar mal do trânsito, das pessoas que param no lado esquerdo da escada rolante, do tempo, … 😝

via GIPHY

Guias Secretos