×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...
Cultura Guias Secretos

Prédios de São Paulo: o majestoso Palácio dos Correios no Anhangabaú

By Giulia Trecco

Palácio dos Correios Anhangabaú

Construção de 1920 abriga hoje um centro cultural.

Basta andar vinte minutinhos pelo centro de São Paulo para perceber o quão majestosos são alguns dos prédios da região. Um deles é o Palácio dos Correios, que se ergue sobre uma enorme área de 15 mil metros quadrados.

+ Conheça as histórias por trás de 4 palacetes do início do século XX

Para conhecer a história do edifício, voltemos aos primeiros anos do século XX. Depois da Proclamação da República, a demanda pelos Correios começou a crescer exponencialmente.

Em 1918, o presidente da época, Venceslau Brás, decidiu que seria necessário construir uma nova sede para abrigar o serviço, que até então operava em um prédio de aluguel bastante precário, em outro ponto do centro da cidade.

Assim, a construção do Palácio dos Correios se iniciou em 1920, na área onde havia funcionado o Hospital Militar no século anterior. A obra ficou nas mãos dos arquitetos Domiziano Rossi e Felisberto Ranzini, ambos contratados pelo Escritório Técnico Ramos de Azevedo.

O prédio foi finalmente entregue em 7 de outubro de 1922, durante as celebrações do centenário da Independência do Brasil.

Marco na cidade

De estilo eclético, o edifício se tornou um símbolo de São Paulo. Sua influência foi tamanha que a Praça Pedro Lessa, seu endereço, acabasse conhecida popularmente como “Praça do Correio”.

Publicidade

O Palácio dos Correios acabou considerado como patrimônio histórico em 2012, quando as autoridades aprovaram o tombamento do Vale do Anhangabaú, região do qual ele faz parte.

Funcionamento

O edifício cumpriu a função pela qual fora construído até a década de 1970, quando as atividades administrativas dos Correios foram realocadas para um endereço na Vila Leopoldina. Com isso, o Palácio dos Correios passou por uma reforma em 1978, com instalação de elevadores, para trabalhar exclusivamente com serviços de postagem.

Depois de um concurso de arquitetura não muito bem-sucedido no final dos anos 1990, uma grande restauração do prédio teve início em 2005, como parte de um processo de revitalização do centro de São Paulo. O projeto manteve as características arquitetônicas do local e instalou várias salas expositivas nos andares superiores.

A reinauguração aconteceu em 2013, agora sob o nome de Centro Cultural Correios São Paulo. O espaço se propõe a estimular atividades que envolvam artes visuais, antropologia e música.

Onde: Avenida São João, 250 – República

+ CCBB: um infinito de cultura abrigado em prédio centenário