×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...

Prédios de São Paulo: o majestoso Palácio dos Correios no Anhangabaú

Giulia Trecco Giulia Trecco - Editora | Brasil

Palácio dos Correios Anhangabaú

Construção de 1920 abriga hoje um centro cultural.

Basta andar vinte minutinhos pelo centro de São Paulo para perceber o quão majestosos são alguns dos prédios da região. Um deles é o Palácio dos Correios, que se ergue sobre uma enorme área de 15 mil metros quadrados.

+ Conheça as histórias por trás de 4 palacetes do início do século XX

Para conhecer a história do edifício, voltemos aos primeiros anos do século XX. Depois da Proclamação da República, a demanda pelos Correios começou a crescer exponencialmente.

Em 1918, o presidente da época, Venceslau Brás, decidiu que seria necessário construir uma nova sede para abrigar o serviço, que até então operava em um prédio de aluguel bastante precário, em outro ponto do centro da cidade.

Assim, a construção do Palácio dos Correios se iniciou em 1920, na área onde havia funcionado o Hospital Militar no século anterior. A obra ficou nas mãos dos arquitetos Domiziano Rossi e Felisberto Ranzini, ambos contratados pelo Escritório Técnico Ramos de Azevedo.

O prédio foi finalmente entregue em 7 de outubro de 1922, durante as celebrações do centenário da Independência do Brasil.

Marco na cidade

De estilo eclético, o edifício se tornou um símbolo de São Paulo. Sua influência foi tamanha que a Praça Pedro Lessa, seu endereço, acabasse conhecida popularmente como “Praça do Correio”.

O Palácio dos Correios acabou considerado como patrimônio histórico em 2012, quando as autoridades aprovaram o tombamento do Vale do Anhangabaú, região do qual ele faz parte.

Funcionamento

O edifício cumpriu a função pela qual fora construído até a década de 1970, quando as atividades administrativas dos Correios foram realocadas para um endereço na Vila Leopoldina. Com isso, o Palácio dos Correios passou por uma reforma em 1978, com instalação de elevadores, para trabalhar exclusivamente com serviços de postagem.

Depois de um concurso de arquitetura não muito bem-sucedido no final dos anos 1990, uma grande restauração do prédio teve início em 2005, como parte de um processo de revitalização do centro de São Paulo. O projeto manteve as características arquitetônicas do local e instalou várias salas expositivas nos andares superiores.

A reinauguração aconteceu em 2013, agora sob o nome de Centro Cultural Correios São Paulo. O espaço se propõe a estimular atividades que envolvam artes visuais, antropologia e música.

Onde: Avenida São João, 250 – República

+ CCBB: um infinito de cultura abrigado em prédio centenário

Cultura Guias Secretos