×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...
Cultura O Que Fazer

A história do Palácio dos Cedros, a famosa residência dos Jafet

Giulia Trecco Giulia Trecco - Editora | São Paulo Secreto

palacio dos cedros

A família Jafet foi uma das mais ricas da São Paulo do século XX; conheça a sua mansão mais conhecida.

O Palácio dos Cedros é uma das mansões mais conhecidas de São Paulo. Localizado no Ipiranga, na Rua Bom Pastor, o prédio foi inaugurado em 1923, tornando-se o lar de um dos irmãos Jafet, Basílio, e sua esposa. Os Jafet são uma família de origem libanesa radicada na cidade de São Paulo ao final do século XIX. Basílio e os irmãos foram pioneiros da industrialização paulistana, constituindo um dos maiores grupos empresariais do país.

+ 5 lugares para conhecer no bairro do Ipiranga, além do museu

O palácio de Basílio e Adma Jafet foi projetado pela construtora de Heribaldo Siciliano, engenheiro também responsável por prédios icônicos de São Paulo, como o Palácio dos Correios e a Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. O nome Palácio dos Cedros foi dado por conta do jardim cercado de cedros, uma vegetação originária do Líbano.

A mansão traz a inspiração dos castelos renascentistas que marcavam as grandes cidades europeias. Mas como quase toda a arquitetura do Brasil, mistura elementos de outros estilos, afinal, a família possuía referências do estilos oriental. Ao todos, são mais de 50 cômodos no palácio, que são distribuídos em quatro andares.

Publicidade

O imóvel foi tombado pelo Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo (CONPRESP) em 2005, junto com mais cinco moradias da família Jafet, no bairro do Ipiranga. Isso porque, além do valor arquitetônico das construções, é preciso preservar a história da imigração daquela época, ainda mais pela importância desta família para a cidade.

No ano de 1928, Basílio registrou em cartório o desejo de que a propriedade se transformasse em um “museu de antiguidades”, o que não ocorreu até os dias atuais. Atualmente, o Palácio dos Cedros funciona como um espaço de eventos para festas de casamento, debutantes e eventos corporativos, através de reservas.

+ Viagem no tempo: conheça a Vila Itororó

Foto de capa: Gerson Paes/Flickr

Tags: história