×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...
Cultura

Livro e libreto: 6 musicais que passaram por São Paulo e foram inspirados em livros

By Giulia Trecco

musicais inspirados em livros

Será que você conhece todas as obras da lista?

Berço do teatro musical no Brasil, a cidade de São Paulo já recebeu inúmeros ótimos espetáculos, muitos deles inspirados em romances bastante cultuados. E no momento, com a pandemia ainda rolando, que tal exercitar a nostalgia e relembrar alguns dos musicais desse tipo que passaram por aqui?

+ 10 músicas que retratam a cidade de São Paulo

O Fantasma da Ópera

O triângulo amoroso entre uma corista, um visconde e um misterioso gênio faz sucesso nos palcos desde 1986, quando estreou em Londres. A história é baseada no romance francês “Le Fantôme de l’Opéra”, de Gaston Leroux, publicado em 1910.

Por aqui, o Espírito da Ópera assombrou as coxias do atual Teatro Renault em dois momentos. Primeiro em 2005, quando o espaço ainda atendia pelo nome Teatro Abril. A temporada foi tão bem-sucedida que o espetáculo saiu de cartaz somente em 2007. Depois, ficou de agosto de 2018 até o final de 2019, estrelando Lina Mendes, Fred Silveira e Thiago Arancam nos papéis principais.

A Cor Púrpura

Com a atriz e cantora Letícia Soares no papel de Celie, o musical estreou no Theatro NET no final de 2019, depois de temporada no Rio de Janeiro.

O espetáculo é inspirado no livro “The Color Purple”, pelo qual a escritora Alice Walker ganhou um Pulitzer em 1983. A trama nos apresenta a garota Celie, de 14 anos, que é rodeada por problemas causados acima de tudo por racismo, patriarcalismo e machismo.

A obra ainda rendeu um filme homônimo em 1985, com Whoopi Goldberg no papel principal.

Natasha, Pierre e o Grande Cometa de 1812

Este musical se baseia em 70 das mais de 1200 páginas de “Guerra e Paz”, do russo Leon Tolstoy. Em suma, a passagem mostra Natasha se aproximando de Pierre durante seu noivado com o príncipe Andrey, que está lutando na guerra.

Chegou à Broadway em 2016, conquistando a crítica especializada e levando 12 indicações ao Tony do ano seguinte. Em São Paulo, estreou em 2018, com o roqueiro André Frateschi e o ator global Gabriel Leone em papéis de destaque.

O 033 Rooftop, terraço do Teatro Santander que recebeu o musical, foi transformado em um cabaré russo, com mesas e cadeiras. Para enriquecer a experiência, iguarias russas como stroganov e pavlova eram oferecidas ao público junto a drinks originários do maior país do planeta.

Publicidade

Romeu e Julieta

A trágica história de amor surgiu em 1597, pelas mãos de William Shakespeare. Nos palcos brasileiros, teve a ajuda de músicas do repertório de Marisa Monte. Para se ter uma ideia, no musical, a famosa cena da sacada entre Romeu e Julieta é embalada pelo hit “Amor I Love You”.

O espetáculo desembarcou por aqui em agosto de 2018, no Teatro Frei Caneca, depois de temporada no Rio de Janeiro. No mesmo ano, uma gravação profissional do musical foi exibida em salas de cinema por todo o Brasil.

Les Misérables

“Les Misérables” foi lançado em 1862 e se tornou a obra mais importante de Victor Hugo. O romance apresenta ao leitor uma cadeia de eventos traumáticos centrados principalmente na redenção do condenado Jean Valjean.

Foi a primeira grande produção musical a desembarcar no Brasil, mais especificamente no Teatro Abril em 2001, com orçamento de R$ 3,5 milhões. Com Marcos Tumura e Alessandra Maestrini no elenco, fez história e marcou o início da profissionalização de atores e atrizes de teatro musical no país. Anos mais tarde, em 2017, voltou aos palcos do agora Teatro Renault para mais uma temporada.

Wicked

De autoria do escritor estadunidense Gregory Maguire, “Wicked: A História Não Contada das Bruxas de Oz” chegou às prateleiras em 1995. O livro traz uma história bastante política sobre as mulheres que futuramente seriam as bruxas do famoso romance “O Maravilhoso Mágico de Oz”.

Em 2003, estreou na Broadway “Wicked”, adaptação que fugiu da política para focar na amizade dúbia entre as feiticeiras Elphaba e Galinda. Em São Paulo, estreou no Teatro Renault em 2016, com Fabi Bang e Myra Ruiz como protagonistas. A montagem foi indicada a 40 prêmios, levando 17 deles, incluindo o Bibi Ferreira de Melhor Musical.

+ 5 livros que se passam em São Paulo

Foto de capa: Marcos Mesquista/Divulgação T4F