×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...
Cultura O Que Fazer

10 músicas que retratam a cidade de São Paulo

By Giulia Trecco

10 músicas que retratam a cidade de São Paulo

Do Jaçanã ao Grajaú, a capital paulista paulista já foi tema de cerca de 3000 canções

São Paulo é a cidade mais cantada do país, segundo especialistas, ficando na frente do Rio de Janeiro. Em meio a letras que falam das dificuldades, mas também das belezas da terra da garoa, cerca de 3000 mil músicas já foram escrita sobre ela. Preparamos uma lista com as músicas mais conhecidas sobre a capital. Solta o play! 

Trem das Onze, Adoniran Barbosa

De longe o maior clássico entre as músicas que homenageiam a cidade. A obra é a mais conhecida de Adoniran Barbosa, um símbolo da capital. A letra, que fala de um jovem que precisa ir embora para o Jaçanã, antes que perca o último trem do dia, tornou o bairro conhecido em todo lado. 

Sampa Midnight, Itamar Assumpção

O conhecido compositor Itamar Assumpção foi o artista que mais cantou sobre São Paulo. Foram 25 canções escritas sobre a cidade, uma a mais que Adoniran Barbosa.  Na música, Sampa Midnight, ele narra a noite de amigos bêbados que cruzam a Avenida Paulista. 

Sampa, Caetano Veloso

A esquina mais famosa da capital, no encontro das avenidas Ipiranga e São João, aparece logo nos primeiros versos da música do baiano Caetano Veloso. Sampa se tornou aquela música símbolo da cidade, que toca sempre em alguma comemoração, e a palavra virou o apelido oficial de SP. 

 Fim de Semana no Parque, Racionais MCs

São Paulo também tem seus defeitos e a desigualdade entre ricos e pobres já serviu de inspiração para muitos cantores. Mano Brown, líder dos Racionais MCs, já contou a realidade da periferia em algumas canções e  Fim de Semana no Parque é uma das que ele dedica logo de cara à “toda comunidade pobre da Zona Sul”. 

Não Existe Amor em SP, Criolo

Apesar de não ser uma homenagem propriamente dita, a música retrata uma São Paulo verdadeira. Para o rapper Criolo, em SP “os bares estão cheios de almas tão vazias”. Mas segundo ele, no meio de escombros é possível ver as nuvens. Criolo mostra que apesar de as coisas terem melhorado, para quem vive na periferia a realidade ainda é a mesma (outra música de sua autoria Grajauex é um exemplo disso).

Na Zona Sul, Sabotage

Da Zona Sul saíram os três exemplos de rappers da nossa lista. Não poderíamos deixar de mencionar Sabotage, que nasceu e cresceu em São Paulo. Apesar da morte precoce, Sabotage se tornou um ícone do Rap paulista e brasileiro. Ele também, como Criolo e os Racionais, cantava sobre a dura (mas também bela) realidade da periferia.

Publicidade

São, São Paulo, Tom Zé

Assim como Criolo, Tom Zé também não deixou de lado os problemas em sua homenagem à cidade. Para o cantor, a música tem um dos versos mais bonitos que ele já compôs: “Quando eu vi, que o Largo dos Aflitos não era bastante largo para caber minha aflição/ Eu fui morar na estação da Luz porque estava tudo escuro dentro do meu coração”. Apesar de a música ter sido escrita na década de 1960, a música ainda tem muito de atual. 

Cohab city, Negritude Junior 

O pagode paulista, ou pagode romântico, surgiu na década de 1990 em São Paulo. Com ele grupos como Negritude Junior chegaram e trouxeram para as rádios a alegria das rodas de pagode da periferia de São Paulo. A Companhia de Habitação Popular de São Paulo ficou famosa época, quando Netinho de Paula cantava “Tô chegando na Cohab, pra curtir minha galera”. 

As minas de Sampa, Rita Lee

Rita Lee é a cara de São Paulo e batizou o Ibirapuera de praia dos paulistas. Apesar de ela mesma ser uma paulistana, na Vila Mariana, provoca as mulheres da cidade que, para a cantora, são eternas de dondocas em busca de bons partidos para casar. 

São Paulo, 365

Não poderia faltar um exemplo de rock numa cidade que tem até uma galeria só para esse estilo musical. A música do grupo 365 é até um hoje um hit das rádios. Em 1986, quando a música foi escrita, o vocalista Finho não imaginava que criava ali o hino da selva de pedra em forma de punk rock.

Bônus: Luzes de São Paulo, Fernando e Sorocaba

Foi-se o tempo em que o sertanejo estava vinculado a imagem do interior do Estado. Já há muito tempo que a capital de São Paulo se tornou ponto de encontro com bares e festas para quem adora o som. A música da dupla Fernando e Sorocaba é uma serenata apaixonada à cidade.