×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...
O Que Fazer

Companheiro diário: 5 fatos sobre o Metrô de São Paulo

By Giulia Trecco

Companheiro diário: 5 fatos sobre o Metrô de São Paulo

Com quase 100 estações, sistema de trem urbano recebe quase 5 milhões de passageiros por dia.

Tão presente na rotina do paulistano quanto trânsito e correria, o sistema metroviário é um dos orgulhos da cidade. Gigante e em constante (embora lenta) expansão, carrega diariamente diferentes tipos de usuários para os mais diversos fins. Abaixo, listamos cinco fatos que englobam o presente, o passado e o futuro do Metrô de São Paulo.

+ A história dos saudosos bondes elétricos paulistanos

Pioneirismo no Brasil

A maior metrópole nacional foi a primeira a receber o sistema de metrô no Brasil, mas não na América Latina. O posto ficou para Buenos Aires, na Argentina, que inaugurou sua Linha A em 1913. A construção do sistema de transporte se deu para atender a uma população que quase dobrara de número na década anterior.

Número moderado de trens, usuários e quilômetros percorridos

Por aqui, a primeiríssima estação a ser inaugurada, em 1974, foi a Jabaquara, na Linha 1-Azul. Naquele ano, a frota continha 25 trens, que trafegavam apenas 6,4 km por percurso, até a Vila Mariana. Além disso, a média diária de usuários no primeiro ano de funcionamento do serviço estacionou em 2.854 pessoas.

Gigante pela própria natureza

Líder de movimento, a Linha 3-Vermelha também é campeã em extensão, com 22 km de comprimento. Mesmo assim, perde no quesito número de estações para sua irmã mais velha: são “apenas” 18, contra as 23 da Linha 1-Azul.

metro-trem-sao-paulo
Mapa do Metrô e CPTM

Quem usa o serviço?

De acordo com pesquisa realizada pela Companhia Metrô em 2019, 5,3 milhões de pessoas utilizam o serviço diariamente. Destes, 57% são mulheres. Além disso, a Zona Leste e a Zona Sul são campeãs de ocupação dos vagões, com 27% e 23%, respectivamente. Já no quesito idade, jovens de 18 a 34 anos são maioria no sistema metroviário.

Publicidade

Quase nos três dígitos

Atualmente, o sistema metroviário de São Paulo conta com 92 estações ativas, mas o número deve ultrapassar os três dígitos nos próximos anos. Por enquanto, 10 novas unidades estão em construção, sendo oito delas para a Linha 2-Verde. Já a Linha 15-Prata, do monotrilho, ganhará mais sete paradas, ficando com 17 ao todo.

Vale lembrar que as obras da Linha 6-Laranja continuam operantes. Com 15 km de extensão, tem 15 estações projetadas e abertura esperada para 2026.

+ Conheça a história do transporte coletivo em SP

Foto de capa: Divulgação/Metrô de São Paulo

Tags: história