×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...
Gastronomia O Que Fazer

Conheça serviços de delivery comandados por refugiados

Giulia Trecco Giulia Trecco - Editora | São Paulo Secreto

delivery refugiados em são paulo

Lista da ONU reúne refugiados empreendedores que vivem em São Paulo.

A Agência de Refugiados da ONU (ACNUR) criou um banco de dados com refugiados empreendedores espalhados por todo o Brasil. Abaixo, listamos cinco chefs que vivem em São Paulo e trabalham com delivery, enviando iguarias de seus países de origem para todos os cantos da cidade. Que tal apoiar um deles hoje?

+ Mangia che ti fa bene: 6 restaurantes italianos que trabalham com delivery

Muna Cozinha Árabe

Muna Darweesh veio com marido e filhos para o Brasil em 2013, fugindo da Guerra da Síria. Sem oportunidade de se recolocar no mercado de trabalho como professora de literatura inglesa, decidiu ir para a cozinha com o marido. Esfihas, kibes, charutos de folha de uva, falafel e outras iguarias árabes. Você pode solicitar o cardápio completo e fazer sua encomenda pelo WhatsApp (11 95437-0682).

Arepas Urbanikas

Natural da Colômbia, Liliana deixou seu país de origem por causa da pressão exercida por narcotraficantes na região onde vivia. Já no Brasil e com o apoio da ACNUR, fez curso de português e frequentou aulas para aperfeiçoar seus dotes gastronômicos.

Porém, a pandemia e a consequente quarentena acabaram por adiar o sonho da colombiana de abrir seu próprio restaurante. Mesmo assim, o projeto Arepas Urbanika continua de vento em popa, com cardápio recheado de pratos típicos da Colômbia. Que tal? Peça pelo WhatsApp (11 98551-9458).

Congolinária

O bacharel em direito Pitchou Luamba deixou a República Democrática do Congo em 2010 por conta dos conflitos armados no país. No Brasil, ministrou aulas de francês e trabalhou como ator até decidir ser empreendedor. Foi daí que, em 2014, nasceu o restaurante vegano Congolinária. O menu da casa contempla pratos tradicionais como o pilao, receita que leva arroz, repolho, cenoura, gengibre e especiarias. O delivery está disponível nos aplicativos iFood e Uber Eats.

Publicidade

+ Bateu a fome? Confira 5 dicas de petiscos de dar água na boca

Comida Síria Fátima Ismail

Fátima tem uma infinidade de histórias para contar. Ela e sua família deixaram a Síria em 2011, logo após o início dos conflitos que desencadearam a atual guerra. Depois de quatro anos na Jordânia, veio para o Brasil, fincando os pés em São Paulo. Por aqui, coloca em prática as lições culinárias que aprendeu com sua mãe para sustentar os filhos.

Já ministrou cursos nos quais ensinava as técnicas por trás do tradicional pão sírio e também trabalhou em buffets. Agora, com a pandemia, trabalha com encomendas. Solicite o cardápio pelo WhatsApp (11 94444-7334).

Tentaciones da Venezuela

Yilmari Perdomo é originária de Caracas, capital da Venezuela que precisou deixar por conta dos constantes conflitos políticos e problemas de segurança. Ela e sua família vivem em São Caetano do Sul, no Grande ABC, onde produzem marmitas saudáveis para delivery. Faça seu pedido via WhatsApp.

+ Conheça 3 restaurantes com delivery de pratos a base de peixes e frutos do mar

Foto de capa: RODNAE Productions