×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...

Mostra Internacional de Cinema de São Paulo começa nesta quinta

Giulia Trecco Giulia Trecco - Editora | Brasil

45 Mostra Internacional de Cinema de São Paulo

A 45ª edição do festival ocorre de maneira híbrida (em salas de cinema e em plataformas online) até 3 de novembro.

Foi dada a largada para a 45ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo. A partir desta quinta, dia 21, o tradicional evento volta às salas da capital paulista, mas mantém parte da programação online para todo Brasil. Até 3 de novembro, o festival exibe 264 títulos de mais 50 países. A seleção faz um apanhado do que o cinema contemporâneo mundial tem produzido, além de apresentar tendências, temáticas, narrativas e estéticas.

+ 13 dos melhores filmes nacionais das últimas décadas

A seleção você pode conferir na Mostra Play – a plataforma exclusiva que foi criada no ano passado, por conta da pandemia de Covid-19, e que reúne os filmes online para aluguel. Todos os filmes selecionados para a 45ª Mostra estarão em cartaz nos cinemas de São Paulo, mas nem todos os títulos disponíveis nas salas poderão ser vistos virtualmente. Na lista geral da plataforma, 129 filmes foram selecionados para o ambiente digital. Os títulos disponibilizados na plataforma custarão R$ 12 avulso.

Nos cinemas, há duas opções de pacotes: de 30 ingressos, por R$ 340, e de 20 ingressos, por R$ 250. Já os ingressos avulsos custam R$ 24 (inteira) e R$ 12 (meia-entrada), às segundas, terças, quartas e quintas, e R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia-entrada), às sextas, aos sábados e domingos.

Além disso, a 45ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo também conta com sessões gratuitas através do Itaú Cultural Play e Sesc Digital; e sessões grátis e ao ar livre no vão-livre do Masp e no Anhangabaú.  Confira toda a programação no site do evento.

Publicidade

A arte do cartaz desta edição é assinada pelo cartunista e escritor Ziraldo, criador de tantas histórias marcantes, como “O Menino Maluquinho”, “Turma do Pererê” e “O Joelho Juvenal”. O desenho foi criado pelo artista nos anos 1970 e mostra um viajante espacial que vê o que ninguém mais vê, incluindo o planeta Terra, de bem longe.

+ 10 filmes e séries gravados na cidade de São Paulo

Cultura O Que Fazer