×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...
Cultura O Que Fazer

Mês do Orgulho: 5 paulistanos LGBTQIA+ que você precisa conhecer

By Giulia Trecco

mês do orgulho paulistanos LGBTQIA+

Cantora, vereadora, advogado e cineasta usam seu espaço para lutar por igualdade e respeito.

Ao redor do mundo, junho é celebrado como o Mês do Orgulho LGBTQIA+. O movimento político luta pelos direitos civis de toda a comunidade, pedindo reconhecimento, igualdade e respeito.

+ Por que junho é o mês do orgulho LGBTQIA+?

Sendo o Brasil um dos países com mais casos de homofobia, transfobia e afins, é importante darmos voz a brasileiros que advogam pela causa. Trazendo o foco mais para perto de nós, separamos cinco personalidades LGBTQIA+ (e um bônus) que você precisa conhecer.

Linn da Quebrada

A cantora e atriz Linn da Quebrada é uma das artistas transexuais de maior evidência no cenário nacional. Seu álbum “Pajubá”, de 2017, tem letras que exalam empoderamento. Em 2019, apareceu como a estudante Natasha na série “Segunda Chamada”, da Rede Globo, e protagonizou o documentário “Bixa Travesty”.

Erica Hilton

Erica fez história ao se tornar a primeira mulher trans eleita como vereadora em São Paulo. Com mais de 50 mil votos, foi ainda a mulher mais votada em todo o país. Na bagagem, a paulistana traz anos de luta pelos direitos da população negra e contra a discriminação da comunidade LGBTQIA+.

 

Julia Katharine

Com o curta-metragem “Tea for Two”, em 2019, se tornou a primeira cineasta transexual brasileira a entrar no circuito comercial como diretora de um filme. Ao jornal O Globo, disse que trabalha para ser “impulso para outras pessoas trans”.

 

Publicidade

Paulo Iotti

Advogado, o paulistano foi peça-chave para a aprovação do casamento homoafetivo no Supremo Tribunal Federal. Além disso, conduziu todo o processo de equiparação da homofobia a crime de racismo. Por estes feitos, foi eleito pelo Guia Gay São Paulo como uma das principais personalidades LGBTQUIA+ de 2019.

Gloria Groove

Alter-ego de Daniel Garcia, a drag queen Gloria Groove ganhou notoriedade com músicas como “Dona” e “Bumbum de Ouro”. Ativista da causa LGBTQIA+, usa seu espaço nas redes sociais para falar e educar seu público. Recentemente, dublou o personagem Aladdin no live-action de 2019.

 

Menção honrosa: Liniker

Nascida em Araraquara, no interior de São Paulo, Liniker é mulher trans e uma das vozes mais singulares da atual MPB. Tem dois álbuns ao lado da banda Liniker e os Caramelows, da qual fez parte até 2020. Em suas aparições na mídia, não deixa de compartilhar sua história de superação como forma de inspiração a outras pessoas trans.

+ Você sabe porque a bandeira LGBTQIA+ tem as cores do arco-íris?

Tags: lgtbi+, orgulho