×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...

Conheça a história da famosa calçada de São Paulo

Giulia Trecco Giulia Trecco - Editora | São Paulo Secreto

sao-paulo-museu-casa-brasileira-calçada

O “piso paulista” que decora as ruas da capital foi criado em 1966 e, desde então, se tornou um dos símbolos da capital.

O calçamento mais conhecido de São Paulo é de autoria da arquiteta Mirthes dos Santos Pinto. Tudo começou quando o antigo prefeito, João Vicente Faria Lima, lançou na década de 1960 um concurso para o desenho do novo calçamento da cidade. Foi então que Mirthes, que na época trabalhava como desenhista da Secretaria de Obras da Prefeitura, criou um mapa estilizado do Estado, a exemplo das ondas de Copacabana.

Mirthes considerava simples o esboço que tinha feito, e não imaginava que ficaria entre os quatro finalistas. Mirthes ficou surpresa ao descobrir que seu trabalho estava entre os finalistas, já que havia um forte concorrente ao título: o desenho de grãos de café, que em sua visão era o grande favorito, pois se tratava tradicionalmente do maior símbolo local.

Veja também: Conheça a rua mais charmosa do centro de São Paulo

Desde então, os contornos simples passaram a representar a capital paulistana, assim como havia sido no Rio de Janeiro

O conhecido “piso paulista” chegou primeiro à Av. Faria Lima, mas depois foi tomando conta da capital. Infelizmente, hoje em dia, o cenário é diferente e aos poucos o tradicional desenho está sumindo das calçadas da cidade.

Publicidade

Foto de capa: Museu da Casa Brasileira