×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...
Notícias

Profissionais da educação de SP se cadastraram para receber vacina

By Giulia Trecco

Vacina Já Educação

Imunização começa na próxima segunda, dia 12, para profissionais com no mínimo 47 anos; saiba como efetuar o cadastro.

Lançada no dia 1º de Abril pelo Governo de São Paulo, a plataforma Vacina Já Educação recebe o cadastro dos profissionais das redes estadual, municipais, particulares e federal que podem ser imunizados contra a Covid-19. Desde o lançamento, cerca de 170 mil profissionais já se inscreveram.

A primeira etapa da imunização para a educação terá início na próxima segunda, dia 12, para servidores e funcionários a partir de 47 anos. Poderão ser imunizados profissionais que atuem nas escolas com funções como secretários, auxiliares de serviços gerais, faxineiras, mediadores, merendeiras, monitores, cuidadores, diretores, vice-diretores. Além de professores de todos os ciclos da educação básica, professores coordenadores pedagógicos e professores temporários.

Para receber a vacina, devem fazer o cadastro no site Vacina Já Educação, com número do CPF, nome completo e e-mail. Em seguida, um email é enviado com a validação do processo. No passo seguinte, é necessário confirmar os dados pessoais e apontar nome da escola, rede de ensino, município e cargo ocupado. Para as redes municipais, particulares e federal também é necessário anexar os holerites dos meses de janeiro e fevereiro.

Na sequência, o cadastro passará por um processo de análise e, se validado, o profissional receberá em seu email o comprovante Vacina Já Educação, este documento terá um QRCode para verificação de autenticidade.

No momento da vacinação, o profissional da educação deverá apresentar:

Publicidade

  • Comprovante Vacina Já Educação;
  • RG;
  • CPF

Casoo usuário não apresente o comprovante, ele não poderá ser imunizado.

Tutorial

A Secretaria Estadual da Educação disponibilizou um vídeo tutorial com o passo a passo para os servidores que atuam na rede estadual de ensino. Ele pode ser acessado nas redes sociais e canal oficial do Youtube da Seduc. Nos próximos dias, a Seduc vai publicar outros dois tutoriais específicos para os profissionais terceirizados e que trabalham na rede privada.

Foto de capa: Agência Brasil/EBC