×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...
Cultura O Que Fazer

Pinacoteca resgata histórias apagadas pelo racismo com a mostra “Enciclopédia Negra”

Giulia Trecco Giulia Trecco - Editora | São Paulo Secreto

enciclopedia negra pinacoteca

Retratos e biografias de 103 personalidades negras integram a exposição.

A Pinacoteca de São Paulo inaugura neste sábado, dia 1, a mostra “Enciclopédia Negra”. Nela, serão exibidos retratos de 103 personalidades negras que tiveram suas histórias apagadas pelo racismo no Brasil.

Os personagens estão divididos em seis segmentos: Rebeldes, Personagens Atlânticos, Protagonistas Negras, Artes e Ofícios, Projetos de Liberdade e Religiosidades e Ancestralidades. Esses núcleos ressaltam os aspectos comuns mesmo entre personalidades de épocas diferentes.

As obras foram realizadas por 36 artistas contemporâneos para integrar o livro “Enciclopédia Negra”, publicado em março pela Companhia das Letras. Lá estão reunidas as biografias de 550 pessoas negras que tiveram suas trajetórias anuladas ou nunca registradas.

Publicidade

Você pode visitar a mostra até o dia 8 de novembro. A Pinacoteca de São Paulo fica aberta de quarta a segunda, das 11h às 19h. Os ingressos devem ser comprados com antecedência e custam até R$ 20. Aos sábados, a entrada é franca.

Onde: Praça da Luz, 2 – Luz

+ Pinacoteca reabre ao público e prorroga exposição d’OSGEMEOS

Foto de capa:Mulambö/Divulgação

Tags: exposição