×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...

Pinacoteca resgata histórias apagadas pelo racismo com a mostra “Enciclopédia Negra”

Giulia Trecco Giulia Trecco - Editora | Brasil

enciclopedia negra pinacoteca

Retratos e biografias de 103 personalidades negras integram a exposição.

A Pinacoteca de São Paulo inaugura neste sábado, dia 1, a mostra “Enciclopédia Negra”. Nela, serão exibidos retratos de 103 personalidades negras que tiveram suas histórias apagadas pelo racismo no Brasil.

Os personagens estão divididos em seis segmentos: Rebeldes, Personagens Atlânticos, Protagonistas Negras, Artes e Ofícios, Projetos de Liberdade e Religiosidades e Ancestralidades. Esses núcleos ressaltam os aspectos comuns mesmo entre personalidades de épocas diferentes.

As obras foram realizadas por 36 artistas contemporâneos para integrar o livro “Enciclopédia Negra”, publicado em março pela Companhia das Letras. Lá estão reunidas as biografias de 550 pessoas negras que tiveram suas trajetórias anuladas ou nunca registradas.

Você pode visitar a mostra até o dia 8 de novembro. A Pinacoteca de São Paulo fica aberta de quarta a segunda, das 11h às 19h. Os ingressos devem ser comprados com antecedência e custam até R$ 20. Aos sábados, a entrada é franca.

Onde: Praça da Luz, 2 – Luz

+ Pinacoteca reabre ao público e prorroga exposição d’OSGEMEOS

Foto de capa:Mulambö/Divulgação

Tags: exposição
Cultura O Que Fazer