×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...
Cultura Guias Secretos

Pavilhão da Bienal: mais uma obra icônica de Niemeyer

Giulia Trecco Giulia Trecco - Editora | São Paulo Secreto

pavilhão da bienal de são paulo

Inaugurado em 1954, prédio traz em seu interior as curvas características do arquiteto.

A cada dois anos, a capital paulista atrai pessoas de todo o mundo para a Bienal Internacional de Arte de São Paulo. Considerado um dos mais importantes eventos do circuito artístico mundial, a mostra ganha ainda mais relevância quando consideramos o local onde ela é sediada: o icônico Pavilhão Ciccillo Matarazzo.

+ Um roteiro pelas obras de Oscar Niemeyer em São Paulo

Batizado em um primeiro momento de Palácio das Indústrias, o prédio assinado por Oscar Niemeyer faz parte do conjunto de espaços expositivos presentes dentro do Parque do Ibirapuera, o que inclui a Oca e o Museu Afro Brasil.

Todos os três foram idealizados pelo arquiteto em 1951. Os planos faziam parte do projeto de comemoração pelo IV Centenário de São Paulo, dali a três anos.

Assim, em 1954, aconteceu a inauguração do parque e de todas as construções previstas no plano.

A estrutura

Apelidado de Pavilhão da Bienal, a construção se divide em três pavimentos e um auditório, que totalizam 25 mil metros quadrados de área. Ali dentro, é fácil notar as curvas características do trabalho de Niemeyer, além de toda a influência da escola modernista em sua arquitetura.

Publicidade

Espaço multiuso

Além de receber os eventos organizados pela Fundação Bienal de São Paulo, o pavilhão também fica disponível para mostras ligadas a segmentos como artes plásticas, cinema, televisão, literatura, moda, arquitetura e gastronomia.

Onde: Avenida Pedro Álvares Cabral, sem número – Vila Mariana