×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...
Bem-estar & Natureza Guias Secretos

Jockey Club de São Paulo: muito além de cavalos, um marco na história da cidade

By Giulia Trecco

Jockey Club de São Paulo

Sabia que a Mooca abrigou o primeiro hipódromo da capital paulista?

São Paulo exala ótimas histórias por todos os cantos. Uma delas é o histórico do Jockey Club de São Paulo, a entidade responsável pelo emblemático Hipódromo de Cidade Jardim. Formada no século XIX por jovens e senhores da elite paulistana, a sociedade ajudou no crescimento econômico da capital paulista, que tinha pouco mais de 30 mil habitantes na época.

+ Aproveite o fim de semana e escape para um hotel fazenda no interior de SP

Primeiros anos e hipódromo na zona leste

A origem do Jockey Club começa com uma viagem de estudos para a Inglaterra. Por lá, o advogado Raphael Aguiar Paes de Barros conheceu e se apaixonou pelas corridas de cavalos, que estavam em alta na Europa. De volta ao Brasil, Paes de Barros mexeu um pauzinho ou dois até conseguir os meios para, em março de 1875, criar o Club de Corridas Paulistano, ao lado de outros 72 sócios.

Posteriormente, em 1876, a sociedade conseguiu a escritura de um terreno no bairro da Mooca, onde foi erguido o primeiro hipódromo de São Paulo. Foi lá, naquele mesmo ano, que os cavalos Macaco e Republicano protagonizaram a primeira corrida profissional da modalidade na capital paulista. Já em 1877, registrou-se a primeira mulher a praticar o turfe na cidade: Domitila de Aguiar e Castro, neta da Marquesa de Santos, e seu cavalo, Corisco.

Mudança de endereço

A história de romance com o bairro da zona leste começou a definhar na década de 1930. Com a popularidade das competições, o local acabou ficando pequeno. Viu-se, então, que o jeito seria partir para outro lugar.

Inicialmente, o já rebatizado Jockey Club sondou a compra de parte do terreno do Ibirapuera. No entanto, os planos mudaram quando uma companhia doou um enorme pedaço de terra à entidade, visando a valorização do espaço. Foi assim que, sob comando de Fábio Prado, então prefeito de São Paulo e presidente do Jockey Club, foi inaugurado o Hipódromo de Cidade Jardim, de pé até hoje.

Publicidade

O Jockey Club hoje

De acordo com o site da entidade, o Jockey Club abriga cerca de 800 cavalos da raça Puro-Sangue Inglês. As corridas acontecem em quatro pistas, com raias de grama e areia, que totalizam mais de 4.100 metros de extensão. Lá dentro, há ainda restaurantes para atender aos visitantes.

As corridas acontecem aos sábados, e as apostas podem ser feitas pelo site do Jockey Club.

+ Villa Country: o reduto sertanejo na capital