×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...
Cultura O Que Fazer

Café, a bebida que é a cara de SP, é tema de exposição gratuita

By Giulia Trecco

exposição café FAAP

Público é convidado a fazer um passeio pela história do grão no Museu de Arte Brasileira da FAAP.

Presente nas mais diversas expressões artísticas, o café é tema da nova exposição do MAB FAAP (Museu de Arte Brasileira da Fundação Armando Alvares Penteado). Café Mundo” está em cartaz gratuitamente até 19 de setembro e apresenta aspectos da produção da bebida, os impactos históricos, hábitos, saberes e desdobramentos no campo das artes, da literatura, da música e do cinema ao longo dos séculos.

Com cenografia imersiva, a exposição abordará a bebida a partir de uma perspectiva global, seguindo dois eixos que se complementam: o café enquanto patrimônio ativo mundial e, também, como tema das diferentes linguagens artísticas. 

Café como patrimônio mundial

Mesas digitais e animadas apresentarão a trajetória da bebida, desde a cadeia de produção ao consumo, além de contar sua história e importância ao redor do globo. Neste espaço, o público terá a oportunidade de conhecer as características e curiosidades sobre o preparo e o consumo em diversos países.

Haverá ainda uma área dedicada aos objetos ligados à cultura do café, utilizados na produção, no preparo e no consumo, como máquinas e louças, entre outros materiais. 

Café nas linguagens artísticas

O segundo eixo apresenta o café em três áreas relacionadas. A primeira será dedicada à fotografia, com produções inéditas em São Paulo de dois fotógrafos: Armínio Kaiser, que registrou cafezais no interior de São Paulo e do Paraná nas décadas de 1950 e 1960; e o artista colombiano Jorge Panchoaga, cuja série CasiCafé (Quase Café) nunca foi apresentada no Brasil.

Publicidade

O café nas artes visuais também ganhou um espaço na exposição, que apresenta uma seleção de obras que tratam do tema nas mais distintas linguagens e concepções, como pinturas do início do século XX, com representações do ciclo do café no interior de São Paulo, a uma instalação especialmente desenvolvida para a mostra.

Serão exibidas obras de Antonio Ferrigno, Aldir Mendes de Souza, Candido Portinari e Manabu Mabe, além de produções contemporâneas, como livros e performances. 

A terceira área traz um passeio histórico pela influência que o café vem exercendo nas produções culturais humanas, a partir da projeção em vídeo da Rádio Café. O público terá a chance de conhecer, por meio de uma narração feita por dois apresentadores, como o café inspirou produções na literatura, na música e no cinema.

Para visitar a exposição, basta fazer o agendamento prévio através do site.