×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...
Notícias

Morre Ennio Morricone, responsável pelas trilhas sonoras que fizeram a história do cinema

By São Paulo Secreto

ennio-morricone-morreu

Adeus ao mundialmente famoso vencedor do Oscar.

O famoso músico e compositor Ennio Morricone faleceu hoje aos 91 anos. O vencedor do Óscar morreu durante a noite numa clínica em Roma, depois de ter partido o fêmur há alguns dias.

Segundo o comunicado de imprensa, o artista “cumprimentou a sua amada esposa Maria, que o acompanhou com dedicação em todos os momentos da sua vida humana e profissional, estando perto dele até o último suspiro. Agradeceu ainda aos filhos e netos por todo o amor e carinho. Dedicou também uma memória comovente ao seu público, de cujo apoio afetuoso ele sempre extraiu a força da sua criatividade”. O funeral, como anunciado pelo advogado Giorgio Assumma, será realizado em particular.

Foto: Hayk_Shalunts / Shutterstock.com

As trilhas sonoras

Nascido em Roma em 10 de novembro de 1928, desde tenra idade, Ennio combinou sua paixão pelo esporte (ele jogou no futebol de Roma) com a música. Ele se formou em trompete no Conservatório de Santa Cecília, em Roma. O Oscar Honorário aos  79 anos recompensou sua longa carreira alcançando grandes sucessos no cinema.

Ennio Morricone escreveu a música para mais de 500 filmes e séries de TV. Sua música foi usada em mais de 60 filmes premiados. As obras produzidas para o gênero western italiano fizeram dele um artista famoso em todo o mundo. Após o Oscar de Melhor Trilha Sonora do filme Os Oito Odiados de Tarantino, o artista respondeu em uma entrevista do jornalista Cazzullo, no Corriere della Sera: “No amor como na arte, constância é tudo. Não sei se há amor à primeira vista ou intuição sobrenatural. Eu sei que há persistência, consistência, seriedade, duração”.

Entre seus sucessos, mencionamos a música da Trilogia do Homem sem Nome (os três primeiros filmes western dirigidos pelo diretor romano Sergio Leone), Era uma vez na América, Os Intocáveis, Novo Cinema Paradiso e Malèna.

Publicidade

O Pistoleiro sem Nome, 1964 (Sergio Leone)
Aconteceu no Oeste, 1968 (Sergio Leone)
Era Uma Vez na América, 1984 (Sergio Leone)
Missão – 1986 (Roland Joffè)
Os intocáveis, 1987 (Brian De Palma)
Novo Cinema Paradiso, 1988 (Giuseppe Tornatore)
Malèna, 2000 (Giuseppe Tornatore)
Os Oito Odiados, 2016 (Quentin Tarantino)

Foto de capa: Dziurek / Shutterstock.com

Texto originalmente publicado no site Milano Segreta.